O uso de RFID no segmento hospitalar

A tecnologia RFID (Radio-Frequency Identification) não é nova. Ela existe desde os anos 1980. A novidade é a quantidade de diferentes usos que se tem dado a ela, especialmente por conta da redução dos custos de sua implantação ao longo dos anos.

É o que vem acontecendo na área hospitalar. Alguns cases de implantação desta tecnologia em hospitais norte-americanos mostraram um potencial de redução de equipamentos e eliminação de tempos improdutivos da equipe de enfermeiros e funcionados da ordem de milhões de dólares. Hoje em dia, tem hospital americano utilizando tags até em colchões infláveis.

No Brasil, as primeiras notícias de implantação de RFID neste segmento datam do ano 2010. Um dos cases mais famoso é do Hospital Albert Einstein, que foi o primeiro da América do Sul a contar com uma solução de RFID para localização de equipamentos médicos e monitoramento da temperatura de geladeiras. O projeto permitiu diminuição do tempo de procura dos itens e redução de perdas.

As notícias mais recentes sobre a aplicação desta tecnologia no segmento hospitalar têm mostrado o seu uso em pacientes, através de pulseiras RFID, com objetivo de acompanhar a localização dos pacientes, bem como gerenciar e armazenar informações como identidade, condições médica e liberação de leitos.

Pesquisa realizada pelo ILOS em 2016 mostra como estão os hospitais brasileiros em termos de uso de RFID. Percebe-se que no Brasil o uso da tecnologia RFID não está muito difundida, e ainda possui um grande campo para ampliação. No total, 30% dos hospitais já possuem RFID para controle de estoques, 19% não possuem mas pretendem implantar, e 52% não possuem e não pretendem implantar.

Figura 1 – % de hospitais que possui a tecnologia de RFID implementada para controle de estoques

Fonte: Pesquisa ILOS 2016 realizada com 11 Redes Hospitalares e 21 Hospitais independentes

 

Os hospitais não tem sido os pioneiros em inovação na área de gestão e logística. Pelo contrário, eles ainda estão muito atrás da maioria das indústrias e serviços. Mas as ferramentas existem, assim como as oportunidades de melhoria.

 

Referências:

Implementation of Radio-Frequency Identification in Hospitals, The University of Tennessee

http://bakercenter.utk.edu/wp-content/uploads/2016/04/Implementation-of-RFID-in-Hospitals.pdf

NEC: RFID para Albert Einstein

http://www.baguete.com.br/noticias/telecom/25/06/2010/nec-rfid-para-albert-einstein

Hospital monitora pacientes em tempo real

http://brasil.rfidjournal.com/noticias/vision?14886

Como usar RFID Pulseira em Hospital

http://www.asiarfid.com/rfid-news-bo/how-to-use-rfid-wristband-in-hospital-pt.html