Entries by Paulo Fleury

A INDÚSTRIA DE OPERADORES LOGÍSTICOS NO EXTERIOR

O mercado de prestação de serviços logísticos vem crescendo muito rapidamente em todo o mundo. São várias as evidências deste fenômeno. Na indústria química norte americana, o número médio de atividades logísticas terceirizadas, por empresa, cresceu de 1,5 para 5,5, no período entre 1989 e 1995, indicando uma forte tendência de aumento do escopo de […]

SERVIÇO AO CLIENTE E DESEMPENHO LOGÍSTICO

A despeito das enormes controvérsias sobre o futuro da Internet, e mais especificamente do e-commerce, parece existir pelo menos um ponto sobre o qual quase todos concordam: o processo de atendimento dos pedidos e entrega dos produtos, ou seja, a logística de distribuição, é um dos principais gargalos do comércio eletrônico. Freqüentemente nos deparamos na […]

O DESAFIO LOGÍSTICO DO E-COMMERCE

O ritmo vertiginoso de crescimento das transações virtuais vem transformando a logística numa das principais barreira ao desenvolvimento do e-commerce, especialmente no caso do comércio business to consumer – B2C, envolvendo produtos físicos para o consumidor final. O primeiro alerta geral  ocorreu durante o último período do Natal (1999) nos Estados Unidos, onde a explosão […]

AVALIAÇÃO DA ORGANIZAÇÃO LOGÍSTICA EM EMPRESAS DA CADEIA DE SUPRIMENTO DE ALIMENTOS – INDÚSTRIA E COMÉRCIO

O objetivo deste artigo é apresentar resultados de pesquisa sobre o estágio de desenvolvimento da organização logística de empresas indústrias e comerciais, pertencentes a cadeia de suprimento de alimentos. Para tanto, foi utilizado o modelo analítico desenvolvido por Bowersox (1992), e adaptado por Lavalle (1995), para verificar qual segmento da cadeia teria uma organização logística […]

VANTAGENS COMPETITIVAS E ESTRATÉGICAS NO USO DE OPERADORES LOGÍSTICOS

A utilização de operadores logísticos é, sem dúvida alguma, uma das mais importantes tendências da logística empresarial moderna, tanto a nível global quanto a nível local. Segundo Bowersox (1996), somente nos EUA surgiram 100 novos operadores logísticos entre 1990 e 1995. O mercado para estas empresas que em 1995 nos EUA era de US$ 7,0 […]

SUPPLY CHAIN MANAGEMENT: CONCEITOS, OPORTUNIDADES E DESAFIOS DA IMPLEMENTAÇÃO

O período entre 1980 e 2000 foi marcado por grandes transformações nos  conceitos gerenciais, especialmente no que toca à função de operações. O movimento da qualidade total e o conceito de produção enxuta trouxeram consigo em conjunto de técnicas e procedimentos como o JIT, CEP, QFD, SMED, Kanban e engenharia simultânea. Amplamente adotadas em quase […]

PERSPECTIVAS PARA A LOGÍSTICA BRASILEIRA

A logística no Brasil está passando por um período de extraordinárias mudanças. Pode-se mesmo afirmar que estamos no limiar de uma revolução, tanto em termos das práticas empresariais quanto da eficiência, qualidade e disponibilidade da infraestrutura de transportes e comunicações, elementos fundamentais para a existência de uma logística moderna. Para as empresas que aqui operam, […]

O ESTÁGIO DE EVOLUÇÃO DO SUPRIMENTO INTERNACIONAL EM EMPRESAS BRASILEIRAS – A PERSPECTIVA DOS “INTERNATIONAL FREIGHT FORWARDERS”

O objetivo deste trabalho é apresentar resultados de pesquisa sobre o mercado existente e potencial de prestação de serviço logístico de suprimento internacional, por parte dos “International Freight Forwarders” (IFFs), em empresas de grande porte que atuam no Brasil. No exterior, mais e mais empresas estão respondendo aos desafios inerentes à internacionalização dos negócios utilizando-se […]

FORMAÇÃO, IMPLEMENTAÇÀO E ADMINISTRAÇÃO DE PARCERIAS ENTRE CLIENTES E OPERADORES LOGÍSTICOS: UM ESTUDO DE CASO

O objetivo deste artigo é estudar a dinâmica do relacionamento de parcerias entre clientes e operadores logísticos, através da utilização de um modelo conceitual que contemple não somente os estágios sucessivos no desenvolvimento deste tipo de relacionamento, mas também suas motivações iniciais à formação de parcerias, seus facilitadores e as diferentes perspectivas com as quais […]

AVALIAÇÃO DO SERVIÇO DE DISTRIBUIÇÃO FÍSICA: A RELAÇÃO ENTRE A INDÚSTRIA DE BENS DE CONSUMO E O COMÉRCIO ATACADISTA E VAREJISTA

O objetivo deste trabalho é apresentar os resultados de pesquisa sobre a avaliação da qualidade do serviço de distribuição física prestado por fornecedores da indústria de bens de consumo ao comércio atacadista e varejista. Para tanto, foi desenvolvida uma metodologia para medir a qualidade do serviço de distribuição física, que foi aplicada em dois momentos […]