Transporte de carga em alta velocidade

O título do post pode parecer futurista, mas o transporte de carga em alta velocidade está mais próximo de se concretizar do que você imagina. No início do ano, milhares de estudantes universitários do mundo inteiro se reuniram na Universidade Texas A&M, nos Estados Unidos, para uma competição diferente. Em jogo estava quem apresentaria o melhor projeto para um novo sistema de transporte terrestre em alta velocidade.

hyperloop - transporte de carga em alta velocidade - ILOS

Foto 1 – Modelo de cápsula de carga desenvolvido pela Hyperloop Tech

Fonte: Divulgação Hyperloop Tech

 

Chamado de Hyperloop, esse novo meio de transporte promete levar pessoas e cargas a velocidades médias de quase 1.000 km/h, o que permitiria percorrer, em 30 minutos, trechos de 500 km, como a distância entre o Rio de Janeiro e São Paulo, percorrida normalmente de carro em cerca de 5 horas. Só como comparativo, o trem-bala mais rápido em funcionamento atualmente trafega na China a “apenas” 430 km/h, enquanto o Japão já testa outro trem-bala que chegará a “meros” 600 km/h.

Mas como chegar a 1.000 km/h e, ainda assim, ser viável economicamente e não enlouquecer as pessoas nas cidades próximas com um barulho similar ao de aviões comerciais? Idealizador do novo transporte, o empresário sul-africano Elon Musk, fundador da empresa de carros elétricos Tesla e da companhia aeroespacial Space X, acredita que isso seja possível através de um sistema de tubos hermeticamente fechados que impulsionaria cápsulas em um ambiente de baixa pressão. Tudo isso, abastecido por energia solar, captada por placas ao longo do sistema.

Vídeo 1 – Reportagem da CNN sobre o Hyperloop

Fonte: CNN 

 

Três empresas nos Estados Unidos já trabalham em protótipos de pistas Hyperloop: a Space X de Musk, a Hyperloop Technologies e a Hyperloop Transportation. O projeto já conta também com outro importante incentivador: o atual Secretário de Transportes do governo Barack Obama, Anthony Foxx, que vem elogiando a iniciativa e pode, até mesmo, dar suporte na parte financeira.

Em tempo 1: a equipe do MIT ganhou a competição de melhor projeto de Hyperloop, com direito a colocá-lo em prática na pista-protótipo que vem sendo construída pela SpaceX.

Em tempo 2: Musk acredita que um Hyperloop entre Los Angeles e San Francisco (600 km de distância) poderá ter sua operação com passageiros iniciada em 2020, a um custo de, aproximadamente, R$ 24 bilhões, ou R$ 30 bilhões se movimentar carga também.

Em tempo 3: a Hyperloop Transportation Technologies já teria fechado com o governo da Eslováquia para ligar as cidades de Bratislava, Viena, na Áustria, e Budapeste, na Hungria, sem data ainda para o início do projeto.

hyperloop system - ILOS

Foto 2 – As cápsulas do Hyperloop são movimentadas dentro de tubos

Fonte: Divulgação Hyperloop Tech

 

Referências:

<http://hyperlooptech.com/>

<http://www.spacex.com/hyperloop>

<http://hyperlooptransp.com/#!/>

<http://www.theverge.com/2013/8/12/4614940/elon-musk-reveals-plans-for-high-speed-hyperloop/in/4380833>

<http://www.forbes.com/sites/bruceupbin/2015/02/11/hyperloop-is-real-meet-the-startups-selling-supersonic-travel/#2cee0a7e313c>