centro de distribuição - blog ILOS - Valor_v1

Revisões constantes

Os Centros de Distribuição também estiveram em destaque na última edição da revista Valor Setorial Logística, publicada em março de 2017 pelo jornal Valor Econômico. A reportagem de Vladimir Goitia mostrou que a crise econômica que vem afetando o Brasil obrigou empresas e indústrias a rever contratos na área de logística, com muitas fechando instalações e evitando a ação de intermediários na gestão dos armazéns.

Apesar dos cortes, os Centros de Distribuição continuam sendo uma alternativa importante na busca das empresas por redução dos custos operacionais e aumento do faturamento. Na reportagem, o sócio-executivo do ILOS, Rodrigo Arozo, explica como as empresas estão reduzindo custos através da revisão constante da malha de distribuição e aprimoramento dos CDs.

– Isso significa quantidade e localização dos centros de distribuição. Como resultado dessa busca por malhas de distribuição otimizada, observamos uma concentração de CDs em mercados mais maduros e relevantes e o fechamento de instalações em mercados menos atrativos – explica Arozo.
Rodrigo Arozo lembra que o período de recessão também tem servido para algumas empresas aproveitarem para renegociarem seus contratos com os condomínios logísticos.

– Um relatório da Colliers (International Brasil) indica uma defasagem de 27% no preço médio por metro quadrado em relação a setembro de 2013. Isto tem gerado oportunidades de renegociação de contratos, ou até mesmo de mudanças para locais próximos, sem alterações na malha logística, mas com poupança considerável no aluguel – explica.

revista Valor Setorial - Logística

Figura 1 – Capa da revista Valor Setorial Logística, edição de março

Fonte: Reprodução Valor Econômico

A íntegra da matéria “Revisões constantes” pode ser lida na revista Valor Setorial Logística publicada em março. Clique no link para ver a edição (somente para assinantes do jornal Valor Econômico)