thatiana_nomi - ILOS

ISO 20400: Você é o que você compra – por um procurement mais sustentável

Anunciada em 2016, e em desenvolvimento desde 2013 com um comitê envolvendo 40 países, foi publicada em abril desse ano pela International Standards Organisation a ISO 20400:2017 Sustainable procurement – Guidance, que substitui a BS 8903:2010 (Principles and framework for procuring sustainably. Guide). O objetivo é direcionar as empresas na integração da dimensão sustentável com as atividades de procurement. A nova norma inclui as exigências da ISO 26000 (Responsabilidade Social), publicada em 2010, e os Princípios Orientadores sobre Empresas e Direitos Humanos das Nações Unidas. Em maio de 2017 foi anunciada a primeira empresa avaliada pelos padrões da norma, a Balfour Beatty, uma empreiteira líder no Reino Unido. A figura 1 resume a estrutura e o conteúdo da norma.

Figura 1 – Resumo do conteúdo da ISO 20400.
Fonte: International Standards Organisation, adaptado por ILOS

 

A ISO 20400 é aplicável a qualquer organização, pública ou privada, e de todos os portes. A British Standards Institution (BSI) acredita que as indústrias que mais podem se beneficiar são as de construção, gestão de instalações, hospitalar, alimentícia, de manufatura em geral, madeireiras, de papel, e embalagens. A norma auxilia as empresas a tomar melhores decisões de compra em suas cadeias de suprimento, e faz isso estabelecendo diretrizes para que as organizações possam avaliar seus fornecedores nas dimensões sustentáveis.

Não basta que as empresas garantam a ética de seus processos, elas também possuem responsabilidade sobre quem elas contratam, e sobre a cadeia como um todo. É necessária transparência no supply chain. Quantas vezes não nos deparamos com notícias sobre escândalos em procurement? Trabalho escravo nos fornecedores, matérias-primas de baixa qualidade que podem colocar em risco a saúde do consumidor, e por aí vai. Talvez um ponto fraco seja o fato de que a ISO 20400 não fornece certificação, sendo uma norma de orientação, o que pode não atrair tanto as empresas. Apesar disso, certamente é um passo significativo nos desenvolvimentos por mais sustentabilidade no supply chain.

 

Referências:

Edie.Net – Balfour Beatty ‘leading the way’ on ISO 20400 sustainable procurement standard <https://www.edie.net/news/7/Balfour-Beatty–leading-the-way–on-ISO-20400-sustainable-procurement-standard/>

Green Biz – First global standard for sustainable procurement hits the market <https://www.greenbiz.com/article/first-global-standard-sustainable-procurement-hits-market?utm_source=newsletter&utm_medium=email&utm_term=newsletter-type-greenbuzz-daily&utm_content=2017-04-30&utm_campaign=newsletter-type-greenbuzz-daily-107725&mkt_>

ISO – ISO 20400:2017 <https://www.iso.org/obp/ui#iso:std:iso:20400:ed-1:v1:en>