capa Valor Setorial - Logística

Inimigos internos ameaçam negócios

A última edição da revista Valor Setorial Logística, publicada em março de 2017 pelo jornal Valor Econômico, trouxe como matéria de capa os inimigos internos que ameaçam os negócios no Brasil. Na reportagem, o elevado custo de transporte e manuseio de carga, a forte dependência do País no modal rodoviário e a burocracia foram alguns dos fatores apontados por minar a competitividade do Brasil no comércio internacional.

A matéria de Felipe Datt apontou a qualidade da infraestrutura logística como ponto fundamental para o comércio exterior, em um país como dimensões continentais como a do Brasil e que exporta grandes volumes, produzidos na maior parte das vezes longe da costa. Essas barreiras vêm impactando nos custos logísticos brasileiros, que crescem ano após ano segundo cálculos do ILOS. Em 2010, os custos logísticos representaram 10,6% do PIB, enquanto em 2015 essa relação chegou aos 12,2%, a maior em uma década.

Entrevistada por Datt, a sócia-executiva do ILOS, Maria Fernanda Hiijar, analisou o aumento dos custos logísticos brasileiros nesse período. Segundo ela, nos últimos cinco anos, os custos de transporte subiram sensivelmente, com o aumento relacionado ao preço do diesel e a reajustes da inflação impactando no custo do frete rodoviário. A sócia-executiva do ILOS também ressaltou outros fatores importantes, como o estoque e a burocracia na exportação.

– As taxas de juros elevadas encareceram o custo de estoque. O tempo de demora para efetuar uma exportação faz toda a diferença para a competitividade da empresa – explicou Maria Fernanda Hijjar.

revista Valor Setorial - Logística

Figura 1 – Capa da revista Valor Setorial Logística, edição de março

Fonte: Reprodução Valor Econômico

A íntegra da matéria “Inimigos internos ameaçam negócios” pode ser lida na revista Valor Setorial Logística publicada em março. Clique no link para ver a edição (somente para assinantes do jornal Valor Econômico)