Custos logísticos e inovação no primeiro dia do Fórum 2017

Pela primeira vez em São Paulo, o Fórum Internacional Supply Chain & Expo.Logística trouxe como questões principais os custos logísticos no Brasil e a inovação no setor. Professor da Ohio State University, Walter Zinn abriu a programação deste primeiro dia com a palestra Novas Tecnologias em Logística e Supply Chain. Em sua apresentação, Zinn tratou de internet das coisas e de todas as coisas, falou de omnichannel e ainda comentou algumas ações que prometem afetar profundamente o supply chain, como o crescimento das impressoras 3D, que já podem fazer até peça para automóveis Mercedes, reduzindo a necessidade de estoques de produtos C.

Na sequência, o sócio-diretor do ILOS, Mauricio Lima trouxe os números de 2016 para os custos logísticos no Brasil. No estudo elaborado pelo ILOS, os custos logísticos em 2016 representaram 12% do Produto Interno Bruto do Brasil (PIB), com uma certa redução em transportes e um pequeno crescimento nos custos da gestão dos estoques. Segundo o sócio-diretor do ILOS, a demanda por transporte já dá sinais de recuperação após três meses seguidos de crescimento, embora a expectativa é de que 2017 repita 2016, com crescimento previsto apenas para 2018.

custos logísticos - Fórum ILOS

A tarde desta terça-feira foi aberta com o painel Mudanças na Logística e no Supply Chain. O bate-papo começou com Adriano Pitoli, da Tendências Consultoria trazendo uma mensagem otimista para os executivos do setor. Para Adriano, o fundo do poço da crise econômica já passou e agora o País está na retomada da economia, com retorno ao patamar de 2014 apenas em 2021. O Painel contou ainda com Diclei Rimorini, da Via Varejo comentando as ações da sua empresa para a integração do supply Chain físico com o on-line. Rimorini destacou ainda que um quarto dos seus clientes compra pela internet e vai à loja buscar o item. Por fim, Valdoberto Vidal, head de Supply Chain da Souza Cruz admitiu que o principal desafio dos executivos para os próximos anos é aperfeiçoar a gestão do supply Chain para o futuro e destacou ainda que uma das barreiras nas indústrias do País é o aperfeiçoamento da mão de obra, o que dificulta o crescimento das empresas.

O Fórum Internacional Supply Chain & Expo.Logística acontece de 19 a 21 de setembro, no hotel Tivoli Mofarrej, na capital paulista. Esta quarta-feira abre com o lead partner da PwC Bélgica, Pascal Jansens, falando sobre a logística internacional no continente europeu.