A previsão de vendas como ferramenta de melhoria da produtividade

Com o advento do pensamento lean e iniciativas de produção just in time, chegou-se a pensar que atividades ligadas à previsão de demanda estavam com os dias contados. Todavia, a necessidade de disparar toda uma cadeia de suprimentos para matérias-prima é um processo que normalmente exige tempo considerável e dificilmente encaixa-se dentro das expectativas de atendimento de um mercado cada vez mais exigente. Diante desse cenário ainda há espaços no mercado para áreas de previsão de demanda e consequentemente gestão de estoques, e junto com elas formas de se aumentar a produtividade operacional da empresa.

Figura 1 – Exemplo de aplicação de técnicas de previsão em uma série real

Fonte: ILOS

 

O Leonardo Julianelli já comentou a respeito das diferentes técnicas de previsão existentes e em que casos elas são melhor aplicadas. Mas os benefícios da boa aplicação dessas técnicas vão muito além da diminuição dos erros de previsão. Diante de uma previsão com boa acurácia, a área de compras consegue realizar pedidos eficientes de matérias prima, que não irão gerar estoques excedentes e/ou obsoletos, nem carregamentos desnecessários e nem utilizarão espaços de armazém dispensáveis. Há casos de simulações realizadas mostrando que em cada 1% de diminuição do erro de previsão, o estoque total de componentes da empresa diminuiu também em 1%, sem contar os ganhos em obsolescência de material e movimentação de armazém.

Outra consequência importante de uma boa previsão está no nível de serviço oferecido aos clientes na forma de fill rate, ou percentual de pedidos completos. Grandes empresas normalmente lidam com um alto número de SKUs e não é incomum encontrar itens em falta no momento do pedido do cliente. Nesse ponto a previsão colabora no aumento do faturamento geral da empresa, uma vez que vendas perdidas por falta de estoque dificilmente são recuperadas diante do acirrado mercado competitivo que a maioria das empresas se situa.

Dessa forma, considerando a produtividade operacional das empresas uma razão entre seu faturamento e seus esforços (ou de forma mensurável, seus custos) a previsão de demanda colabora para a melhoria desse indicador tanto no numerador, aumentando a receita com menos vendas perdidas, quanto no denominador, diminuindo os custos de estoque, armazenagem e colocação de pedidos.

E a sua empresa, tem uma área de previsão de demanda eficiente? Sua produtividade geral pode estar sendo prejudicada por erros de previsão excessivos.

 

Referências:

<http://www.scdigest.com/experts/Logility_17-05-11.php?cid=12384>

<http://www.ilos.com.br/web/impacto-da-crise-economica-na-demanda-como-melhorar-a-previsao-de-vendas/>